Link para página

A segunda edição da iniciativa “Dias de Saber”, promovida pela Biblioteca Municipal José Baptista Martins (BMJBM), em Vila Velha de Ródão, chegou ao fim no início de julho com a realização da oficina “Procurar o Jardim da Mãe-Sol”.

Tendo como destinatários as crianças entre os 3 e os 5 anos, o projeto parte do princípio de que o envolvimento de toda a comunidade é fundamental para educar uma criança e procurou, ao longo do primeiro semestre de 2021, criar possibilidades de pensar e viver a natureza e a expressão verbal e artística no Jardim de Infância do Porto do Tejo.

Para tal, as crianças foram convidadas a participar em atividades tão diversas como a plantação de um pomar no espaço exterior do Jardim de Infância, a dinamização de uma residência artística, “Diálogos para amar livros, lobos, pássaros, árvores e silêncio – Livro Solar”, conduzida por Marina Palácio ou a realização de dois espetáculos, pela Andante - Associação Artística, promotores da ligação à expressão artística, ao texto poético e à natureza, em idades precoces.

O projeto terminou com chave de ouro e de forma muito positiva, nos dias 1, 2 e 5 de julho, com uma intervenção criada e dinamizada pela BMJBM em torno de alguns textos de Maria Gabriela Llansol, a que se chamou “Procurar o Jardim da Mãe-Sol”. O lema de toda esta edição foi, aliás, a frase desta escritora portuguesa “Sempre que sei, não escondo” e foi isso que todos – adultos e crianças – procuraram fazer: partilhar o que sabiam e aprender a procurar o que não sabiam.

Dado o sucesso de mais esta edição dos “Dias de Saber”, a equipa da BMJBM está já a preparar e a imaginar novas de formas de dar continuidade a este modelo colaborativo numa terceira edição e cumprir a sua missão de servir, envolver e cuidar todos os membros da comunidade rodense.

 

Dias de Saber final 1
Dias de Saber final 2
Dias de Saber final 3
Dias de Saber final 4