Link para página

Anexo NI CMVVR Entregou Bolsas Estudo Site

A Câmara Municipal de Vila Velha de Ródão entregou 25 bolsas de estudo aos alunos do concelho que frequentam o ensino superior, no passado dia 23 de dezembro, numa cerimónia que decorreu na Casa de Artes e Cultura do Tejo. As bolsas atribuídas no presente ano letivo ultrapassam os 22 mil euros, representando um aumento superior a 10% relativamente ao ano anterior.

A atribuição deste apoio aos alunos tem por base o Regulamento Municipal de Atribuição de Bolsas de Estudo a Estudantes do Ensino Superior e a avaliação da Comissão de Análise criada para o efeito, tendo as candidaturas decorrido durante o mês de outubro de 2020.

À semelhança do ano passado, foram atribuídas quatro bolsas de estudo aos candidatos inscritos pela primeira vez no ano letivo de 2020/2021, no primeiro ano de um curso superior, no Instituto Politécnico de Castelo Branco, uma medida que representou um investimento total de 3424 € e tem por base um protocolo estabelecido com aquela instituição, que consiste no pagamento, por parte da autarquia, de uma bolsa de estudo no montante equivalente ao valor total das propinas.

Foram ainda entregues 21 bolsas de estudo destinadas a alunos que frequentam outras instituições de ensino superior e que são atribuídas em função dos rendimentos do agregado familiar, com o objetivo de comparticipar os encargos dos estudantes com a frequência de um curso superior. Estas bolsas de estudo representaram um total de 18.682,70 €, um valor que ultrapassou o das 17 bolsas de estudo atribuídas no ano anterior (15.739,10 €).

O valor das bolsas de estudos atribuídas pela Câmara Municipal de Vila Velha de Ródão tem vindo a aumentar nos últimos anos, o que reflete não só o aumento do número de candidaturas, mas também o esforço feito por parte da autarquia para abranger um maior número de alunos do concelho, já que o executivo municipal considera este tipo de apoio é determinante para criar condições para que as desigualdades económicas e sociais não sejam um entrave no acesso à educação e, em particular, no ingresso no ensino superior.